O Sabin
3 de Abril de 2018

Chegou a vacina da gripe em nossas unidades!

Entenda mais sobre a vacina da gripe e os vírus que são prevenidos por ela

A gripe é uma doença altamente transmissível, apesar de ser considerada comum pode ser evitada por meio da vacina. Para se prevenir, é preciso renovar anualmente a vacina contra o vírus. A cada ano, a composição da vacina para gripe sazonal é atualizada de acordo com os vírus circulantes, para garantir a eficácia do produto. A época ideal para a vacinação deve ser entre março e junho; antecipando o outono e principalmente o inverno nas regiões mais frias. Em países tropicais, como o Brasil, os vírus da gripe circulam o ano inteiro, com maior predomínio durante a estação de chuvas.

A vacinação contra a gripe é a mais importante proteção, principalmente em pessoas com predisposição ou portadoras de doenças crônicas mais vulneráveis às complicações da gripe. A pneumonia é a complicação mais grave, frequente e está relacionada a uma das principais causas de óbitos do idoso.

Nessa oportunidade, aproveite para se proteger contra pneumonia com as vacinas Pneumocócicca Conjugada 13v e Pneumocócicca Polisscaridica 23v. Essas vacinas além da pneumonia, evita meningite, sinusite e otite.

Características das Vacinas

  • Composição

As vacinas do vírus da influenza para uso na temporada 2018 no Hemisfério Sul foram definidas pelos laboratórios de referência da Organização Mundial da Saúde (OMS) e liberadas para uso no corrente ano pela Anvisa (RE Nº 2.696, DE 6 DE OUTUBRO DE 2017 - Publicada no DOU nº 194, de 9 de outubro de 2017), órgão regulador do País.

Para a vacina influenza Trivalente, houve alteração na recomendação de duas cepas, A/H3N2 e B/Phuket, em comparação com a recomendação para Hemisfério Sul 2017 (destaque em vermelho):

Para vacina influenza Quadrivalente, houve apenas alteração na cepa A/H3N2 (vermelho), em comparação com a recomendação para Hemisfério Sul 2017 (em vermelho):

(Recommended composition of influenza virus vaccines for use in the 2018 southern hemisphere influenza season 28 September 2017.)

 

A vacina é direcionada à toda população, principalmente, aos grupos de risco 9anexo quadro), pessoas mais suscetíveis a desenvolver complicações ao contrair a gripe sazonal, principalmente em determinadas condições de saúde, como: asma, diabetes, doenças do coração, sistema imunológico debilitado, entre outras. Todas as gestantes em qualquer idade gestacional. As mulheres no período até 45 dias após o parto estão incluídas no grupo alvo de vacinação.

 

  • Contraindicação

Contraindicada às pessoas com história de reação anafilática (urticária, edema de glote, broncoespasmo ou choque) prévia em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.  

O Ministério da Saúde recomenda PRECAUÇÃO na vacinação dos indivíduos com história pregressa da Síndrome de Guillain Barré (SGB), por falta de evidencias cientificas que comprove se a vacina de influência pode aumentar o risco de recorrência desta síndrome. Os riscos e benefícios devem ser discutidos com o médico assistente.

 

O principal objetivo das vacinas é evitar doenças.  A garantia da qualidade de imunização depende sem dúvida da termoestabilidade e de um bom acondicionamento do produto, de forma a garantir a imunidade. Primamos por este cuidado.

As vacinas devem ser aplicadas conforme recomendado no calendário, respeitando o intervalo mínimo entre as doses.

 

  • Procedência das Vacinas

SANOFI PASTEUR é o terceiro maior grupo farmacêutico mundial e o primeiro na Europa, com Sede: Lyon, França.

GlaxoSmithKline/GSK: Londres

 

  • Evento Adversos Pós Vacinação

 

Evento adverso pós-vacinação (EAPV) é qualquer ocorrência médica indesejada após a vacinação e que, não necessariamente, possui uma relação causal com o uso de uma vacina.

As vacinas de influenza sazonais têm um perfil de segurança excelente e são bem toleradas. Por serem constituídas por vírus inativados, fracionados e purificados, não contêm vírus vivos e não causam a doença. A ocorrência de uma reação é possível apresentando dor no local da injeção, eritema e enduração. Ocorrem em 15% a 20% dos pacientes, sendo benignas autolimitadas geralmente resolvidas em 48 horas.

 

ANEXO – QUADRO  

Categorias de risco clínico com indicação da vacina influenza sazonal


Fonte:  Informe Técnico Influenza/Ministério da Saúde

Elaborado em 19/02/2018, revisado em 29/03/2018 pela Gerente Médica de Vacinas do Sabin Medicina Diagnóstica Dra. Ana Rosa dos Santos

Cepas circulantes

Fonte: http://www.who.int/influenza/surveillance_monitoring/updates/2018_04_02_surveillance_update_312.pdf?ua=1

 

Dra. Ana Rosa dos Santos
CRM 6021/DF

Médica pela Universidade Federal do Ceará (1975), com Mestrado em Patologia Tropical pela Universidade Federal do Ceará/UFC, Especialização em Medicina Tropical pela Universidade de São Paulo/USP e Universidade de Brasília/UnB. Atualmente Gerente Médica do Serviço de Vacinação do Sabin Medicina Diagnóstica. Tem experiência em Doenças Infecciosas e Parasitárias, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde pública, epidemiologia, medicina tropical, imunizações e vigilância epidemiológica.

Desculpe, a área que você está acessando só está disponível em português.

Baixe nosso Aplicativo

Você está em:

Enviar instruções
por e-mail:

Enviar resultados
por e-mail: